Governo federal libera R$ 400 milhões para apoiar venda de trigo

Os leilões de Pepro e Pep são uma forma do governo federal subsidiar a venda do trigo, aumentando o preço pago aos produtores

O governo federal publicou, nesta quarta-feira (18), uma portaria interministerial que autoriza a destinação de R$ 400 milhões para apoiar a comercialização de trigo por meio de leilões de Pepro (Prêmio Equalizador pago ao Produtor Rural) e Pep (Prêmio para o Escoamento de Produto).

A medida atende a uma demanda das cooperativas agropecuárias da Região Sul, que vinham pressionando o governo a tomar medidas para amenizar a queda acentuada de preços do cereal.

De acordo com o presidente do Sistema Ocepar, José Roberto Ricken, a decisão é “muito importante para promover o escoamento da safra de trigo e dar condições aos produtores para que continuem produzindo alimentos em condições mais adequadas e com mais tranquilidade”. 

Os leilões de Pepro e Pep são uma forma do governo federal subsidiar a venda do trigo, aumentando o preço pago aos produtores.

Com a publicação da portaria, agora cabe à Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) definir a operacionalização dos leilões e publicar os editais.

Produção de trigo

Os estados do Rio Grande do Sul e do Paraná lideram a produção de trigo no país, respondendo respectivamente por 44% e 39% da safra nacional.

Na safra 2023, o Brasil produziu 10,8 milhões de toneladas, das quais 4,7 milhões colhidas no Rio Grande do Sul e 4,2 milhões de toneladas no Paraná.

https://www.canalrural.com.br/agricultura/governo-federal-libera-r-400-milhoes-para-apoiar-venda-de-trigo/ 

Posts Relacionados