Trigo: preços são os maiores desde meados do ano passado

Segundo o Cepea, cotações do cereal se mantêm firmes no Brasil no segundo trimestre de cada ano, sustentadas por menores estoques

Levantamento do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) aponta que os preços do trigo no mercado de lotes (negociação entre empresas) – considerando-se as principais regiões acompanhadas – são os maiores desde meados de 2023, em termos reais (deflacionamento pelo IGP-DI).

De acordo com pesquisadores do Cepea, sazonalmente, as cotações do cereal se mantêm firmes no Brasil no segundo trimestre de cada ano, sustentadas pelos menores estoques domésticos.

Em 2024, os valores estão sendo influenciados também pelo ambiente externo – os estoques mundiais da safra 2024/25 tendem a cair pelo terceiro ano consecutivo.

Pesquisas do Cepea indicam, ainda, que compradores seguem relatando dificuldades em encontrar o trigo de melhor qualidade no mercado interno, reflexo da queda na produção em 2023. Por outro lado, as importações continuam firmes.

https://www.canalrural.com.br/agricultura/trigo-precos-sao-os-maiores-desde-meados-do-ano-passado/

Posts Relacionados
Preço do milho não deve superar os custos

Existem mais fatores de baixa para o milho De acordo com informações divulgadas pela TF Agroeconômica, dificilmente os preços do milho irão superar os custos de produção desta safra. “ (Veja Mais)...